Bobó de palmito

Nos dias de hoje, a maioria das pessoas está comprometida com a busca de independência financeira e o crescimento profissional, porém essas conquistas também trazem consequências sérias e preocupantes, como estresse, ansiedade e uma alimentação pobre em nutrientes, mas rica em toxinas.

Com isso em mente, a nutricionista e terapeuta aiurvédica Astrid Pfeiffer reuniu no livro Detox dia a dia mais de 70 receitas veganas, sem glúten e sem lactose para ajudar nosso organismo a combater os males da vida corrida.

Aqui, Astrid substitui o camarão da receita tradicional por palmito pupunha, que é rico em fibras que estimulam o funcionamento do intestino, além de conter muita água e pouca gordura e calorias.

Na hora de cozinhar as minimorangas, a dica é espetá-las com um garfo para ver se estão cozidas, pois não podem ficar muito macias para não se desmancharem na hora de rechear; se preciso, retire-as da panela antes de terminar o cozimento da mandioca. Se o seu liquidificador é potente, pode bater todo o creme da receita de uma vez; caso contrário, bata em pequenas quantidades.

Bobó de palmito

Rendimento: 5 porções
Tempo de preparo: 45 minutos

  • ⅓ de mandioca fresca (275 g)
  • 5 minimorangas (300 g cada)
  • 5 xícaras de água (1200 ml)
  • 1 tomate médio (135 g)
  • ¼ de pimentão vermelho médio (60 g)
  • 2 colheres (sopa) de castanhas de caju sem sal (25 g)
  • 4 colheres (sopa) de palmito pupunha (55 g)
  • 1 vidro de leite de coco (200 g)
  • 1 colher (sopa) de azeite de dendê (15 ml)
  • 1 colher (chá) de sal (5 g)
  • coentro fresco picado a gosto

Descasque a mandioca e coloque em uma panela grande. Junte as minimorangas e cubra com a água. Cozinhe em fogo médio por 10 a 15 minutos, até a mandioca ficar macia. Corte a parte superior das minimorangas abrindo uma tampa, e descarte as sementes. Retire um pouco da polpa com uma colher e reserve.

Enquanto isso, corte o tomate e o pimentão em cubinhos, descartando as sementes. Pique as castanhas de caju. Cozinhe o pupunha inteiro por dez minutos até ficar al dente. Corte em fatias.

Assim que a mandioca estiver cozida, espere esfriar um pouco e coloque no liquidificador com o leite de coco. Bata até obter um creme e reserve.

Em uma panela, aqueça o azeite de dendê e refogue o tomate e o pimentão. Adicione o creme de mandioca, o pupunha, a castanha, a polpa reservada e o sal. Misture bem e retire do fogo. Recheie as moranguinhas com esse creme, salpicado com coentro, e sirva em seguida.

Deixe seus comentários e sugestões e marque a gente nas redes sociais com @editoraalaude e #DetoxDiaADia. Bom apetite!