Astrid Pfeiffer em debate sobre políticas públicas e vegetarianismo

A nutricionista e escritora Astrid Pfeiffer, autora de A cozinha vegetariana de Astrid Pfeiffer e Detox dia a dia, marcou presença ontem em um debate sobre políticas públicas e veganismo em Curitiba, cidade onde mora e que é destaque no movimento vegetariano e vegano no país.

A iniciativa foi da vereadora Maria Letícia, que promoveu o debate em seu canal do YouTube, visando discutir neste momento as possibilidades de inclusão de opão vegetariana na merenda escolar e também políticas de apoio aos agricultores locais.

Sobre as merendas, Astrid lembrou que é importante divulgar os artigos científicos que demonstram que há boas fontes de proteína, carboidrato e gordura entre os vegetais e usá-los para compor os cardápios escolares. Diminuir a oferta de carne nas escolas públicas seria até mais fácil do que se pensa, pois é sabido que arroz e feijão são uma fonte muito boa de proteína, o principal nutriente com o qual a maioria das pessoas se preocupa quando o assunto é vegetarianismo.

Falando sobre a democratização do conhecimento acerca da alimentação vegetariana, Astrid lembrou que há muitos mitos que precisam ser combatidos e que há pessoas que pensam que ser vegetariano significa só tirar a carne vermelha da dieta. É preciso compartilhar o conhecimento existente para que todo mundo entenda que frango, peixe, presunto e peito de peru também devem ser excluídos de uma dieta vegetariana.

Astrid lembrou que não dá mais para negar os benefícios da alimentação vegetariana tanto para a saúde individual quanto para a coletiva, incluindo a saúde do planeta, pois reduz o desmatamento, por exemplo.

O debate está disponível na íntegra no YouTube.