Nhoque de ricota e espinafre com molho de tomate

Uma das receitas que melhor representa a culinária italiana aqui no Brasil é o nhoque. É um processo bastante artesanal, quase meditativo. É preciso cozinhar as batatas, depois descascá-las e amassá-las com um garfo; juntar farinha de trigo até formar uma massa, que será cortada e cozida em água fervente depois. Claro, há variações, como assar a batata em vez de cozinhar, amassá-las com um espremedor ou mesmo acrescentar gemas à massa.

Mas, e se a pessoa não puder consumir glúten ou adotar uma dieta low carb? Nesses casos, a receita da chef Izabel Alvares, autora de Delícias da Izabel, é a pedida certa, porque não leva farinha de trigo, e a batata é substituída por ricota, um queijo com pouco teor de gordura.

Nhoque de ricota e espinafre com molho de tomate

Rendimento: 2 porções
Tempo de preparo: 20 minutos

Nhoque

  • 1 xícara de ricota fresca
  • 1 gema
  • ½ colher (chá) de sal
  • ⅓ de xícara de queijo parmesão ralado
  • ½ xícara de farinha de amêndoa + um pouco para trabalhar a massa
  • folhas de manjericão picadas a gosto
  • ½ xícara de espinafre congelado ou 2 xícaras de folhas de espinafre frescas

Molho de tomate

  • um fio de azeite
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • sal a gosto
  • 1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
  • 1 lata de tomate pelado
  • pimenta-do-reino a gosto
  • 1 folha de louro
  • manjericão fresco a gosto
  • ½ xícara de queijo parmesão ralado

Para o nhoque, coloque a ricota no centro de um pano de prato limpo, feche-o como uma trouxa e esprema para escorrer o máximo de líquido que conseguir. Transfira para uma tigela, junte a gema, o sal, o parmesão, a farinha de amêndoa e o manjericão. Misture bem.

Caso utilize o espinafre congelado, descongele no vapor ou na frigideira; caso escolha as folhas frescas, separe-as do caule, lave bem e refogue com um fio de azeite e uma pitada de sal, até murchar. Coloque a verdura sobre uma tábua, pique bem e reserve até esfriar. Incorpore o espinafre cozido e frio na massa.

Polvilhe uma superfície lisa e limpa com farinha de amêndoa. Amasse um pouco a massa para que fique lisa e homogênea, mas cuidado para não trabalhar em exagero, ou ficará mole e aguada. Modele rolinhos e corte nhoques de mais ou menos dois dedos de espessura. Em uma panela grande, ferva uma boa quantidade de água. Cozinhe o nhoque em pequenas porções por 3 minutos e pronto.

Para o molho, refogue a cebola e o alho em um fio de azeite com um pouco de sal, até dourar. Acrescente o vinagre e o tomate pelado. Ajuste o tempero com um pouco mais de sal, a pimenta-do-reino e o louro. Deixe cozinhar por 10 minutos em fogo baixo. Após esse tempo, retire do fogo e finalize com manjericão fresco. Sirva sobre o nhoque e salpique com o parmesão ralado e pimenta-do-reino.

Deixe seus comentários e sugestões e marque a gente nas redes sociais com @editoraalaude e #DeliciasDaIzabel. Bom apetite!